terça-feira, 10 de março de 2009

Meu inferno pessoal.

Uma dor causada por algo que ainda não se sabe ao certo o que é
ou seja tem como associada uma cura indefinida.
algo que fica guardado por não saber como expor e que aos poucos cavoca, perfura o peito.
é uma dor que com o tempo nos faz chorar todos os dias sem saber e se quer ter motivo...
é um amor que não se tinha, uma alegria a mais.
uma liberdade em desenvolvimento,
é atenção de mais pra quem nada tinha.
é tudo tão bom tão gostoso, que se chega a duvidar que não se merece tudo isso...
um caquinho, um negócio, alguém estranho.
uma amoeba
acabada eu me traco dentro de mim mesma.
com meus medos sem saber quais quer são.
com minhas lembranças apagadas por uma coisa chamada vontade.
com os meus pesadelos da realidade.
que será que sou que será que tenho, vem me ajuda a superar, não se põe no meu lugar.
porque é desgastante é mais sangrento que jornal de segunda feira. é uma pesadelo sem cura sem culpa.
a lua está linda. você á vio hoje? pode se lembrar de mim?

5 comentários:

Gisela Melloso disse...

Triste e claro, esta forma de falar é muito bonita, vc coloca tudo que sente e escreve... Muito bom, muito franco!!!

Forte abraço

Du Santana disse...

as coisas da vida que ninguém vê nunca perdem a validade. nunca perdem a validade pq são imperessiveis, nós é que passamos rapido demais.

pumpkin at night disse...

muito bem escrito, e muito inspirador! hehe

e brigaaada pelo comentário! :D vai saber o que se passa na cabeça dos homens! mas desistir, nunca (=

beeijos! :*

Marcela disse...

nossa adoreeei, você escreve mó beem

DAVI disse...

Olá Rá.

Como vai? Espero que esteja bem, sabe adorei te ver novamente, até achei que nunca mais iria te ver, que bom, tenhoa certeza de uma coisa e quero que vc tenha tb, a distância não fez eu esquecer de vc, muito menos do que vc representa no Juvila, você começou a Juvila junto comigo, mais se distanciou, vc deve ter seus problemas e entendo, mais sei que o seu coração está ali com a gente, vc sabe muito bem que é adaptação, vc voltando, vai ser uma alegria imensa pra mim, com o tempo, dois ou três encontros no Juvila vc vai se sentir recepcionada como antes, Não importa pra mim o tempo, nem o momento, mais sei que vc um dia irá voltar e pode ter a certeza disso, vc vai ver como tudo que vc pensa a respeito de união e amizade está cravado no coração de todos ali dentro. Amo vc baixinha, e sinto a sua falta no Juvila, não é porque não lhema mandei msn no seu Blog é que esqueci, mais dei um tempo pra vc pensar. vc apareceu lá, pode ter a certeza que o meu coração se encheu de alegrias. Beijos e fique com Deus. quando quiser voltar estarei lá. Beijos.

Do amigo que lhe estima muito. Davi